Fatos Curiosos

Mitologia: Entidades que guiam os mortos para o além

Qual a sua crença religiosa? você sabe o que existe depois da morte? Algumas civilizações vão além disso. Acreditam em seres mitológicos que tem a função de guiar ou mostrar o caminho às almas desencarnadas.
Essas entidades, são conhecidas como psicopompos, palavra que tem origem no grego psychopompós, junção de psyché (alma) e pompós (guia). O psicopompo pode ser de natureza humana, animal ou espiritual.
Conheceremos agora, algumas dessas civilizações e suas crenças mitológicas.

01. Guédé


No Haiti, praticantes de vudu, acreditam em uma entidade chamada de Guédé, ou Papa Guédé, que acreditam ser o primeiro homem a morrer na história. Com uma figura assustadora, por tratar-se de um cadáver moreno e baixinho, com sua cartola estranha, e seu humor primitivo, consegue compreender qualquer um de nós, já que segundo a crença, consegue ler a mente dos recém-falecidos.
Guédé, encontra as almas no momento que elas desencarnam. Ele sabe exatamente o que acontece, tanto no mundo dos mortos, quanto dos vivos, e guia os desencarnados até a vida eterna.

02. Anguta


Chamados de Inuítes, os esquimós indígenas da Groenlândia, acreditavam que era o Anguta, que buscava as almas dos mortos. Esse psicopompo encaminhava as almas ao submundo chamado Adlivun, uma espécie de purgatório, a alma apanhava bastante para acabar todo o mal que tinha acumulado enquanto vivia. Normalmente essas almas ficam nesse lugar por volta de um ano sofrendo muito. depois desse período estavam livres para ir ao reino dos céus, que na tradição dos Inuítes, é conhecido como “Terra da Lua”. Na maioria das vezes, o Anguta vem sozinho, mas em raras vezes, aparece acompanhado de Pinga, deusa da caça, da medicina e da fertilidade.

03.Ixtab

Resultado de imagem para ixtab deusa maia
Ao contrario dos Maias, muitas culturas condenam o suicídio, entre os Maias isso não acontecia, a prática de tirar a própria vida, em muitos casos era visto com honraria, e por isso essas almas mereciam um tratamento especial, eram buscadas pela deusa Ixtab, a esposa do deus da morte

A entidade costumava ser representada, por um cadaver em decomposição, pendurado numa arvore e de olhos fechados. Ixtab acompanhava os desencarnados até um paraíso, compartilhado pelos suicidas, vítimas de sacrifício, mulheres mortas de parto, guerreiros e sacerdotes.

Fonte: Megacurioso 

Continue Lendo
HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com
Close